cloneBase: Bolsa de trabalho na Alemanha para jovenes journalistas

Menu

Bolsa de trabalho na Alemanha para jovens jornalistas

Programa

Ninguém melhor para promover o entendimento entre os povos do que os jovens, especialmente jovens jornalistas que tenham trabalhado algum tempo no exterior. Por isso, desde 1997, a IJP organiza um programa de intercâmbio entre Alemanha e América Latina com o apoio do Ministério Federal de Imprensa da Alemanha e de empresas privadas. Graças a eles, jornalistas da América Latina têm a oportunidade de ganhar uma bolsa para trabalhar por dois meses como redatores-visitantes em um veículo de comunicação da Alemanha.

Organização

A IJP (Internationale Journalisten-Programme) foi fundada em 1981 por jornalistas alemães. Dedica-se a apoiar jornalistas jovens e talentosos, assim como promover o intercâmbio de ideias entre a Alemanha e outros países. É uma organização independente, sem fins lucrativos, cujos membros trabalham de forma voluntária. Atualmente conta com mais de 2600 membros, que já se beneficiaram de seus diferentes programas. Para mais informações, consulte nossa página na Internet: www.ijp.org (em inglês ou alemão).

Objetivo

A intenção do programa é promover as relações entre Alemanha e países da América Latina, dando a jovens jornalistas das duas regiões a oportunidade de conhecer de perto outro país. Durante um estágio de dois meses num veículo de comunicação alemão, os jornalistas latino-americanos poderão familiarizar-se com a realidade política e econômica da Alemanha, assim como conhecer a cultura e mentalidade de sua população. O trabalho diário numa redação assegurará o contato com jornalistas alemães e a criação de laços profissionais e de amizade. Para manter essa rede de relações, temos várias iniciativas, como por exemplo encontros, uma newsletter e grupos nas redes sociais na Internet. O intercâmbio não chega ao fim com o fim do estágio!

Bolsistas

O programa é dirigido a jornalistas entre 25 e 35 anos, com conhecimentos regulares da língua alemã (em casos excepcionais, fluência em inglês pode compensar a falta desse requisito). Os selecionados deverão trabalhar como redatores, estagiários ou colaboradores fixos em um veículo de comunicação brasileiro (jornal, revista, televisão, rádio ou internet).

Conteúdo do programa

O programa acontece em março e abril de cada ano. Após alguns dias de introdução em Berlim, com a participação de todos os bolsistas, começam os estágios de dois meses em um órgão de imprensa alemão (jornal, revista, televisão, rádio ou internet). O veículo será selecionado pela coordenadora do programa de acordo com os desejos de cada bolsista.

Bolsa

A bolsa é de 3300 euros. Com esse dinheiro, o participante deverá cobrir a maior parte de seus gastos: viagem, alojamento e alimentação. Espera-se que o bolsista leve também dinheiro próprio para cobrir algumas despesas. O trabalho durante o estágio não será remunerado. Se necessário, o bolsista terá ajuda para encontrar um alojamento na Alemanha.

Como participar

Os jornalistas interessados devem apresentar seus pedidos à Embaixada ou ao Consulado da Alemanha em seu país. Deverão incluir currículo, foto, cópias de três artigos ou reportagens de sua autoria que dêem uma amostra de sua capacidade profissional e uma carta de recomendação do redator-chefe de seu veículo de comunicação. Além de uma descrição da capacidade profissional do jornalista, a carta deve servir como permissão para que o interessado possa participar do programa por dois meses. Espera-se que o currículo comprove, de alguma maneira, os conhecimentos de idioma exigidos.

Para onde enviar

Os pedidos devem ser apresentados (completos) com endereço, telefone, fax e e-mail à Embaixada ou ao Consulado da Alemanha, que têm todas as informações sobre o processo de candidatura e vão convocar os candidatos para uma primeira entrevista. Mais informações: Peer Vorderwuelbecke, e-mail: vorderwuelbecke(at)ijp.org

Para mais detalhes sobre condições, prazos e fatos importantes do programa, visite também o site em inglês ou alemão.